SOLENIDADE DE SANTA MARIA, MÃE DE DEUS

Entardecia. A claridade ainda não se recolhera. Ao sol, somava-se a chuva que caia. Sol e chuva, ambos, elementos essenciais à vida, por Deus criados. O cenário propiciava ares de bem-aventurança, como que saudando a toda gente pelo ano que se iniciava; e homenageava, simultânea e principalmente, à Maria, Mãe de Deus, a quem a liturgia católica dedica o dia. Faltando 10 minutos para 17:30h, enquanto batiam os sinos da Igreja, a animadora destacada para a Santa Missa inicia a leitura dos avisos e pregões de costume. Terminada a leitura, Pe. José Cláudio, Pároco da Igreja São José acercou-se do altar, tomando o microfone, saudou todos os fiéis presentes à solenidade.

O ano civil inicia seu calendário enquanto o mundo cristão comemora a Oitava de Natal, data também festejada pela maternidade divina de Maria, que dá humanidade ao Filho de Deus, Salvador do mundo.

“Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, abençoou os convidados da ceia do Senhor. Anunciou que se comemorava o Dia Mundial da Paz e da Fraternidade Universal. Conclamou os presentes a iniciarem o novo ano com espírito de renúncia à desavenças, aos embates, às desarmonias, procurando, ao contrário, a prática do bem, do amor ao próximo.

Prosseguiu o Celebrante com o Ato Penitencial, culminado com o canto (Nm 6, 22-27), seguida do Salmo Responsorial rezado pelos presentes, sucedendo-se, então, a Segunda Leitura (Gl 4, 4-7) e o anúncio do Evangelho (Lc 2, 16-21).

O Celebrante fez então sua homilia.

Suas palavras transcendem o físico, para penetrar com energia o entendimento dos ouvintes. Como se estivessem numa roda de conversa amiga. Aprofundou sobre o conteúdo das leituras, a partir do que foi dito a Moisés pelo Senhor, com palavras de bênçãos e de esperanças ao povo eleito. Ressaltou também as palavras de Paulo aos Gálatas (povo de origem Celta que na antiguidade invadira Macedônia). Referido Apóstolo destaca o nascimento de Jesus, Filho de Deus enviado até nós para conceder-nos filiação adotiva, libertando-nos assim da escravidão, tornando-nos herdeiros de Deus. Finalmente, no Evangelho, ressalta o nascimento do Menino Jesus, com ênfase para o significado de terem sido os pastores, homens simples e pobres, os primeiros a encontrarem Maria e José e o recém-nascido Jesus. Destacou assim, a preferência de Deus pelos pobres, mensagem que deve ser internada em nossos corações como meta e principal objetivo de nossa ação em nossa comunidade. Maria, Mãe de Jesus, representa o acolhimento da humanidade ao propósito de Deus, de resgatar o ser humano das trevas para colocá-lo sob a luz da salvação.

Com a Profissão da Fé, orou o Sacerdote, com os presentes, o Credo, que o Santo Paulo VI simbolizou “um farol e um âncora para a Igreja caminhar nos tempos difíceis que vivemos, por entre tantas falsas doutrinas e falsos profetas, que se misturam sorrateiramente como o joio no meio do trigo, mesmo dentro da Igreja”.

Continuou a celebração o Pe. Cláudio, fazendo as Preces da Comunidade, o Cântico das Oferendas e sua Oração, culminando com a Oração da Eucaristia, momento maior da celebração, quando transforma o pão em Corpo e o vinho em Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Rezou, em seguida, em conjunto com os fiéis, a oração que Cristo nos ensinou: PAI NOSSO. Continuou na celebração, na Fração do Pão e na distribuição, auxiliado por Ministros da Eucaristia, da Hóstia consagrada.

Cumprida toda a liturgia prevista, o Celebrante, antes da bênção final, fez a peroração destacando três aspectos: continuidade da Adoração às quintas-feiras; suspensão, no mês de janeiro, da confissão individual, sendo realizadas somente as comunitárias; conclamou a todos respeitarem-se mutuamente, como todo amor em Cristo, afastando-se das conversinhas, mexericos e intrigas que se reproduzem no seio das pessoas.

Deu a Bênção final, desejando a todos muita paz e harmonia no Ano Novo.

Evaldo José de Oliveira

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa