PROVINCIAL PE. NELSON CELEBRA PENTECOSTES NA SÃO JOSÉ

Neste sábado, dia 8 de junho, marcou a vinda do Espírito Santo à Igreja. O salão paroquial ficou lotado para a Tarde de Louvor com Pe. Nelson Antônio Linhares, Superior Provincial da Província de MG, RJ e ES. Após esse encontro abençoado, centenas de fiéis se dirigiram à igreja para a celebração da missa das 18h. Havia um clima todo festivo para receber a plenitude divina sobre a igreja cujo presbitério estava ornamentado com paramentos vermelhos, arranjos florais brancos, o Círio Pascal, o candelabro, a imagem do Espírito Santo. Após a leitura das intenções da Santa Missa, iniciou-se a procissão com os Acólitos levando a Cruz com uma estola vermelha, as lanternas, o turíbulo, o banner de São José, seguidos dos ministros da Eucaristia, dos integrantes da Liturgia e do Pe. Nelson, trajado em seus paramentos vermelhos. “Nós estamos aqui reunidos” contagiou os fiéis na entrada desta procissão.

Pe. Nelson iniciou os rituais da Santa Missa incensando a Cruz e o presbitério. Depois, ele fez sua saudação fraterna à assembleia e pediu a intercessão da Santíssima Trindade com “Deus Trino”, sendo cantado entusiasticamente pelos fiéis. O padre clamou o poder do Espírito sobre a igreja conduzindo a assembleia a rezar “Vinde Espírito Santo”. Ele prosseguiu com os rituais da missa, fez a oração do dia e no momento do ato penitencial “Jesus manda teu Espírito” foi entoado pela equipe de música. Posteriormente, houve o hino de glória, seguido da 1ª. leitura (At 2, 1-11), do Salmo 103 que foi cantado e da 2ª. leitura (1Cor 12, 3b-7, 12-13). Nesse instante, houve uma procissão de entrada dos sete dons do Espírito até o presbitério. No momento em que cada participante colocou uma vela vermelha acesa no candelabro, a assembleia cantou “Vem Espírito Santo, vem me iluminar.” Rezou-se em dois coros a sequência de Pentecostes, que revela as características dos dons do Espírito.

No momento da aclamação do evangelho, Pe. Nelson se dirigiu ao ambão, incensou a Bíblia e proclamou João (20, 19-23). Ele ressaltou que a solenidade de Pentecostes é o ápice da Páscoa com o envio do Espírito Santo pelo Pai e pelo Filho. Essa festa já era celebrada anteriormente, mas Jesus deu-lhe um novo significado. Antigamente, Pentecostes era uma festa agrícola e depois passou a ter outro sentido como a festa da lei dos dez mandamentos. Atualmente, Pentecostes marca a descida do Espirito Santo sobre a Igreja, representada pelos discípulos que hoje somos todos nós. O padre salientou dois elementos da natureza: o fogo e o vento, como elementos, respectivamente, transformadores e dinamizadores do Espírito que nos incita à mudança, renovação, movimento. Pentecostes é a festa do amor, da unidade, da comunhão, da paz, da fraternidade. No evangelho, ele destacou a frase repetida duas vezes por Jesus a seus discípulos: “A paz esteja convosco”, e nos disse que o poder do Espírito nos impulsiona a caminhar, a ter coragem, ânimo, perseverança e anunciar o seu projeto. Ele mencionou que Jesus sabe da nossa fraqueza, sopra sobre nós um novo Espírito, que é um dom de Deus que nós recebemos pela primeira vez no batismo, confirmamos na crisma e na eucaristia acontece um novo Pentecostes. O padre finalizou que nós só podemos reconhecer Jesus como o Senhor, se nós tivermos o Espírito Santo de Deus.

Na sequência, rezou-se a profissão de fé em dois coros e o canto do ofertório foi “Te louvarei”, entoado pelos músicos e fiéis. Antes de iniciar a oração eucarística III, o presidente da celebração incensou novamente o altar e a Cruz. Um acólito se posicionou em frente ao Pe. Nelson, o incensou e também, repetiu o mesmo gesto em direção à assembleia. Seguiu-se o ritual da missa com um cântico de glórias ao Senhor. Os refrãos da oração foram cantados por todos os fiéis. Nos ritos da comunhão, Pe. Nelson conduziu a assembleia a rezar a oração do Pai-Nosso de mãos dadas. Na fração do pão, cantou-se o Cordeiro de Deus; a comunhão foi dada em duas espécies pelo padre e ministros, auxiliada pela Pastoral da Acolhida.

No final da missa, Pe. Nelson agradeceu a presença do Pe. Alberto Lima, que celebrou 96 anos de idade, do Ir. Pedro, dos fiéis, a colaboração de integrantes de pastorais e dos participantes da Tarde de Louvor. Antes de sua benção, Pe. Nelson deu os avisos paroquianos, destacando a Campanha São José é 10, o novenário da Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a entrega gratuita do “Jornal Nossa Família”, a Festa de Corpus Christi, o Terço dos Homens, e em seguida, ele fez o sorteio de um dizimista da igreja. Antes de encerrar a solenidade de Pentecostes, todos cantaram Parabéns aos aniversariantes e nesse clima alegre, a Igreja São José celebrou animadamente a vinda do Espírito Santo.

Luciana Lemes

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa