MENSAGEM DO PE. NELSON “O SEU NATAL É FELIZ?”

Caro fiel internauta,

Chegou o período natalino e já podemos perceber o aumento do movimento das ruas, lojas, e shoppings, devido à aquisição dos presentes para parentes e amigos.

Chegou o período natalino e já assistimos comerciais anunciando presentes, brinquedos, utensílios domésticos, móveis e artigos decorativos, carros, enfim, uma grande variedade de produtos, onde os lojistas mais criativos se destacam com preços melhores e algumas promoções para atrair maior quantidade de clientes.

Chegou o período natalino. Mais uma vez o ritmo da vida se torna frenético por algumas semanas, o trânsitoimagescak0p3wr insuportável, as lojas repletas. Mais uma vez as pessoas se acotovelaram com listas nas mãos, comprando presentes (inúteis e supérfluos em sua maioria), para outras pessoas (que deles não necessitam).

Chegou o período natalino. Mais uma vez os supermercados  – apesar da crise inaudita em que o sistema capitalista está mergulhado – aquecem suas vendas com os inevitáveis perus, pernis, presuntos e frutas secas. Homens vestidos de Papai Noel desidratam-se sob o calor tropical, com longas barbas brancas para estimular nas criancinhas desde cedo os desejos de consumo a não mais poder.

Chegou o período natalino. E a ocasião desta festa porá a nu os contrastes injustos e inexplicáveis de que é formada nossa sociedade, onde o que sobra para uns não vai suprir a falta e as carências de outros.

Mais uma vez as festas em família se farão sobretudo em torno de comida e presentes, e quando o último gole de champanha for saboreado, juntamente com a última fatia de peru, o tédio se abaterá sobre mais uma festa, sem que se saiba o que foi celebrado.

Ou melhor, esquecendo-se o motivo da sua existência e celebração.Porém, e então, mais uma vez é Natal e será verdadeiramente Natal em alguns lares e em algumas vidas nas quais a escala de valores e prioridades se harmoniza com o mistério que é a razão de ser da festa.

E mais uma vez será vivido com devoção e profundidade o evento de salvação, o mistério inaudito do amor de Deus, que toma carne em um indefeso menino que nasce de uma pobre mulher e não tem lugar para ficar, a não ser o estábulo onde dormem e comem os animais.

Mais uma vez é e será Natal para gente que celebra na simplicidade este mistério do amor humilde e oblativo de um Deus que não se aferra a suas prerrogativas e se faz carne, se faz criança, se faz um de nós, em um mundo dividido e violento.

Mais uma vez é e será Natal para aqueles e aquelas que, mesmo nomeando-o de diferentes maneiras, acreditam que esse que vem na forma de criança indefesa e desvalida é o único capaz de trazer a paz, a harmonia, a concórdia a este mundo que insiste em destruir-se a si mesmo.

Nossa sociedade e nossa cultura são tão pobres e vazias de transcendência que muitos custamos a perceber, por trás das ceias e presentes que ofuscam, o mistério translúcido e discreto da encarnação de Deus no seio de uma mulher, e de seu nascimento do ventre livre e pobre desta mesma mulher.

Mais uma vez Deus nos diz com o nascimento desta criança que sua aliança conosco é para sempre. Que por mais que façamos ou desfaçamos nunca poderemos atingir mortalmente ou acabar com seu amor, que resiste a todas as barbaridades que possamos cometer.

Diante da simplicidade inaudita do mistério de uma criança que nasce de uma mulher, façamos silêncio, tomemos uma atitude de contemplação e adoração. Mais uma vez é Natal e será Natal para sempre. Porque apesar de tudo, Deus não deixa de acreditar na pobre humanidade que somos e nos oferece a cada ano, com infinito amor, este presente admirável que é seu filho.

Natal feliz para você, internauta!!! Felicidade que você encontra na acolhida singela do Menino Deus nascido no presépio de seu coração!

Pe. Nelson Antonio Linhares, CSsR

Pároco da Igreja São José

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa