DOIS CORAIS DO FIC NA SAO JOSÉ

Neste domingo, dia 09 de setembro, a Igreja São José recebeu o Festival internacional de Corais (FIC). Os corais chegaram às 19h e, além do aquecimento das vozes, saborearam um gostoso lanche, cuidadosamente preparado como gesto de boas vindas.
Às 20h, logo após a Missa, apresentou-se o Coral Popular do IFPE, com 35 coralistas.
Foto
Atualmente, o Coro está sob a regência do músico Reuel Gomes que é natural de Recife, iniciou sua vivência musical na igreja onde participou de grupos infantis e jovens. Aos 14 anos iniciou seus estudos em violino e em paralelo participava das práticas corais, foi aluno do Círculo de Músicos de Pernambuco e do Conservatório Pernambucano de Música de 2011 a 2013; participou do Coro universitário e OPUS 2 sob a regência de Flávio Medeiros, também integrou o Coral Avançado do Instituto Bacarrelli e do Madrigal Sempre Encanto sob a regência da maestrina Regina Kinjo. Além disso, atuou ao lado do coro infanto juvenil da Escola municipal de musica de São Paulo no espetáculo “A Arca de Noé”. É aluno da licenciatura em música na Universidade Federal de Pernambuco – UFPE; cursou as disciplinas de Regência sob a orientação dos professores, Nelson Almeida, Sérgio Deslandes e Wendell Kettle. Atualmente é regente da Camerata peixotinho e integra a equipe de estagiários do Núcleo de Arte e Cultura – NAC sob a coordenação do professor Josemar Barbosa.
O Coral Popular do IFPE funciona como atividade extracurricular dentro do Campus Recife há 21 anos. Esse é composto por alunos de diversos cursos e períodos, além de ex-alunos, o que é possível por ser um projeto de extensão, e, portanto, aberto à comunidade interna e externa. O Coral tem caráter pedagógico e artístico, por isso, não há seleção de vozes para a participação no mesmo. Acreditamos que é totalmente possível com o trabalho de percepção auditiva, técnica vocal, e de canto conjunto que todos venham a encontrar sua referência sonora, como também, cantar com desenvoltura satisfatória. Uma de suas características é a preservação da cultura popular nordestina e pernambucana. Também é um projeto que leva com honra o nome da Instituição e do Estado por onde passa. Em 2009, 2012 e 2015 Coral Popular do IFPE participou do Fórum Mundial de Educação Tecnológica em Brasília, Florianópolis e Recife, respectivamente. Em 2014, o grupo participou do seu primeiro encontro de corais na UFPB. Em 2015, também levou a música nordestina em seu repertório, como forma de valorização de sua identidade cultural, para o FIC – Festival Internacional de Corais & Bandas, em Minas Gerais. Na ocasião, participou de shows com o artista homenageado do evento, Marcus Viana, e alcançou um público de 3.000 pessoas na cidade de Baldim – MG. Ademais, em 2017, o grupo participou da 4ª edição do Festival Internacional de Corais de Curitiba – CANTORITIBA 2017, onde, pela primeira vez, levou a cultura nordestina em forma de espetáculo cênico para fora de Pernambuco.
Apresentou-se também o Coro de Professores de Valparaíso – Chile, com 35 coralistas.
Foto
Maestra Soledad Tuesta Pavez nasceu na cidade de Valparaíso – Chile. Desde sua juventude, ele demonstra interesse e aptidão para a música, formando vários grupos vocais escolares. Em 1972, ingressou na carreira de pedagogia em educação musical na Universidade Católica de Valparaíso. Em paralelo ao seu Ensino Superior, integra a Universidade Conjunto Folclórico, liderado por Margot Loyola, eo Coro da Universidade de Santa Maria, liderada por Silvio Olate, que realiza tarefas Chefe de Strings. Mais tarde, ele participou do Coral da Universidade do Chile de Valparaíso.Ele desenvolveu um extenso trabalho de ensino musical nas escolas, colégios, liceus e na Universidade de Playa Ancha. Ele também criou e dirigiu inúmeros grupos folclóricos e coros: Coro de Professores de Valparaiso, Idosos de Valparaiso, definir Andanzas, Coro de Puerto Claro, professores Coro de San Felipe, Coro Municipal de Valparaiso, Coros Estádio Espanhol Vina del Mar infantil, Coro Infantil Estádio Espanhol Viña, Coro Gloria Simonetti Academia, Coro Estádio Espanhol de Santiago, Coro Cooperativa Lautaro Rosas, etc. Desde 1987 dirige o Coro de Professores de Valparaíso. Seu trabalho com o grupo acima mencionado lhe rendeu comentários louváveis pela escolha do repertório, interpretação e criatividade da encenação. Na Sociedade Coral de Professores, ela trabalhou por mais de uma década como Diretora Nacional de Melhoria. Ele também integrou a Comissão Nacional de Cultura do Colégio de Professores. Em paralelo, ela se desenvolveu como gerente e organizadora de eventos musicais. Em 1994 faz um Título Pos no Coro da Universidade Católica de Santiago, começando uma nova etapa de treinamento sob a orientação dos Mestres: Guido Minoletti Scaramelli (Chile) e Felicia M. Arroyo Perez (Cuba). Ele participou de uma vasta Perfeição Coral tanto no país quanto no exterior: Venezuela, México, Brasil, Argentina, Cuba, Uruguai, etc. Em seu trabalho Coral buscou transcender o campo do exclusivamente Técnico – Musical, na busca interpretativa de um Canto latino – americano, com sentido humano e social. Em 2008, recebeu o título honorário de “Hija y Ciudadana Ilustre de Valparaíso”, Patrimônio da Humanidade. Seu lema: ESPIRITUALIZE A HUMANIDADE DA VIDA ATRAVÉS DA CANÇÃO.
O Coro de Professores de Valparaíso é um Grupo Musical dedicado ao cultivo e difusão do Coro Folclórico de raízes folclóricas, popular e tradicional de autores chilenos e latino-americanos, no estilo FUSION. A escolha de seu repertório é caracterizada pela instalação do conceito de pertença latino-americana, expressando miscigenação, com ritmos e instrumentos do folclore, do jazz e da música popular, o que tem constituído um espaço distintivo de resistência cultural identitária.Particularmente significativo tem sido a sua contribuição para a ligação entre o músico coral trabalhar com a tradição de cantar Patrimonial Porteño, alcançando um estilo reversionar coral como canções tradicionais de Valparaiso como a jóia do Pacífico;Valparaíso à noite, Porteña; Caramba Sou dono do Barão e muitos outros. Seu principal objetivo é “humanizar a vida, através da música.” (Ou “espiritualizar a humanidade da vida através do canto coral”) seu diretor por 30 anos é professor Soledad Tuesta Pavez, que aprecia a influência humano e musical do mestre chileno Guido Minoletti Scaramelli e da professora cubana M. Felicia Perez Arroyo. Seus membros são professores de diferentes estabelecimentos de ensino de Valparaíso e estudantes universitários, estudantes de Pedagogia, provenientes das universidades católica, Valparaíso e UPLA. O desafio tem levado este grupo durante seus 30 anos de vida, é trazer popular, música tradicional e popular, a partir da naturalidade da espontânea, para uma proposta artística, sendo musicalmente mais elaborado, não perca a autenticidade da sua raízes originais. Entrega de seu repertório é caracterizado pela energia da sua proposta cênica onde o conteúdo dos textos, harmonias, instrumentação e ritmos formar uma totalidade em seu desempenho global, que geralmente incluem dança, leituras de poesia, imagens, linguagem corporal etc. Nos seus 30 anos de vida, o Coro de Profesores de Valparaíso procurou transcender o âmbito do exclusivamente técnico-musical, na busca de uma canção latino-americana com sentido humanista e espiritual; por uma música que está comprometida com a terra que habitamos e com o universo que imaginamos em paz;com a cidade de Valparaíso, nosso Patrimônio da Humanidade; com igualdade de direitos, participação cidadã baseada na solidariedade, respeito à diversidade, justiça social, compromisso com os direitos dos povos indígenas e com a urgência de reconstruir os sistemas de Educação, Saúde e Pensões. Expressamos a cantar, o nosso compromisso social … e estamos convencidos de que a nossa música deve ir na direção da música tocada e comovente, a canção que pode andar na terra de música, sem perder o caminho do espírito, o caminho do coração e compromisso social.

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa