FIÉIS PRESTIGIAM PRIMEIRO DIA DA NOVENA A SÃO JOSÉ

No dia 10 de março, centenas de fiéis prestigiaram o 1º dia da Novena de São José e também, o 1º. Domingo da Quaresma. Às 11h, Pe. José Cláudio Teixeira, o novo pároco da Igreja de São José, começou a novena ao Padroeiro das Famílias, cujo tema se baseou na carta do Papa Francisco, Exortação Apostólica “Amoris Laetitia”. Após o canto “Meu Bom José”, Pe. Cláudio conduziu o primeiro dia da novena “À Luz da Palavra”, rezou a oração inicial em dois coros com os fiéis. O presidente da celebração foi acompanhado pela Pastoral da Catequese e Crisma nesse início novenário. Em seguida, ele proclamou e meditou a Palavra com a assembleia e rezou a oração final. O presbitério estava ornamentado com lindas flores e com um pedestal em homenagem a São José.

Às 11h30, Andiara, a comentarista, leu as intenções especiais da Santa Missa. A procissão de entrada levou ao presbitério a Cruz, as lanternas, o estandarte de São José, o banner da Campanha da Fraternidade “Serás libertado pelo direito e pela justiça” e o banner do Dízimo. Os fiéis cantaram entusiasticamente o hino “Vinde Alegres, Cantemos” durante este cortejo ao presbitério. O pároco, trajado em seus paramentos na cor roxa, foi acompanhado pelos Acólitos, Ministros da Eucaristia, Liturgia e integrantes da Catequese e Crisma, que ofertaram solidariamente a doação do dia.

Pe. Cláudio pediu a intercessão da Santíssima Trindade, cantada por toda a igreja e fez a saudação inicial. No ato penitencial, ele conduziu o rito da benção da água, e em seguida, ele aspergiu sobre os fiéis, auxiliado pelos Ministros da Eucaristia e Acólitos. Imediatamente, um integrante da Liturgia fez a 1ª. Leitura (Dt 26, 4-10), seguido do Salmo 90, cantado belamente e a 2ª. Leitura (Rm 10, 8-13).

No ambão da Palavra, Pe. Cláudio proclamou Lucas (4, 1-13), momento iluminado por duas lanternas. Em sua homilia, ele destacou que a quaresma é um tempo litúrgico dos cristãos, tempo bonito para progredir no conhecimento de Jesus e corresponder ao seu amor através de nossas ações, de nossos gestos aos irmãos. Ele mencionou que nada adianta nossas obras se não conhecermos Jesus, que a quaresma é esse tempo propício para ter uma intimidade maior com Ele e nos conhecermos melhor em busca da santidade. O padre enfatizou que esse tempo provoca mudanças em nosso coração, nos disse que precisamos aprender a caminhar, olhar adiante, praticar o bem, realizar boas obras e a quaresma nos incita a fazer uma consciência da nossa vida, perceber melhor o nosso coração. Ele salientou ainda que assim como Jesus, nós enfrentamos “o deserto”, o lugar de transformação, provação que nos renova a caminho de uma vida santa. O pároco ressaltou o início da Novena de São José, um tempo favorável para viver, agradecer e receber bênçãos e graças; tempo para deixar que o amor de Deus nos transforme constantemente e renovar nossa aliança com Deus.

A celebração prosseguiu com a Oração Comunitária e o Ofertório, embalado pela “Venho, Senhor oferece”. Pe. Cláudio rezou a Oração Eucarística I com a participação dos fieis e conduziu a oração do Pai-Nosso. A comunhão foi distribuída em duas espécies pelo pároco e ministros, com a ajuda da Pastoral da Acolhida. A equipe de música cantou o cântico “José, Humilde Artesão” com os fieis. Na sequência da missa, houve a Oração Pós-Comunhão e o padre conduziu a assembleia a rezar uma Ave-Maria.

No final, Pe. Cláudio convidou todos para uma confraternização nas barraquinhas, organizada pela Pastoral da Acolhida; destacou a contribuição da comunidade na Campanha São José 10, em prol da sequência da restauração da Igreja; mencionou a romaria à Serra da Piedade; evidenciou a doação de alimentos para a Festa de São José e fez o sorteio de um aniversariante dizimista da paróquia. Em seguida, as crianças foram encaminhadas ao presbitério para receber as uvas e o pãozinho abençoados pelo sacerdote.  Antes da benção final da celebração, Ilma, a coordenadora da Pastoral da Acolhida, homenageou o novo pároco lhe dando as boas-vindas à comunidade e se colocou à disposição para auxiliá-lo em sua nova missão sacerdotal. Pe. Cláudio seguiu os ritos finais da celebração; a equipe de música entoou um hino à São José e nesse clima de confiança, alegria encerrou-se esse dia novenário em honra ao Nosso Padroeiro e Protetor das Famílias!

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa