ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO LOTA A SÃO JOSÉ

Mais 1000 de fiéis estiveram na Igreja de São José, no dia 4 de outubro, 5ª feira, às 12h, para a Adoração ao Santíssimo Sacramento. Nem mesmo o forte calor na capital mineira foi capaz de desanimar os fiéis de participarem  desse grande momento de oração. Com orientação espiritual do Pe. Nelson Antonio Linhares, pároco da Igreja São José, a primeira adoração do mês, começou  com a Ave-Maria, interpretada pela equipe de música, seguida da oração do Angelus. A Adoração conta com o apoio do Grupo de Oração Resgate.

O Padre Nelson fez sua saudação fraterna à assembleia e a conduziu a cantar com alegria ao “Deus Trino”. Ele nos lembrou do dia de São Francisco de Assis, um modelo de despojamento, humildade, amor a Jesus, aos animais e à natureza. Além disso, o pároco destacou o mês missionário, o dia de Nossa Senhora Aparecida e a festa e a novena de São Geraldo, um santo redentorista.

Com o canto da Paz de Cristo, ocorreu um cumprimento de boas-vindas entre os fieis como um gesto de fraternidade. O padre convidou a assembleia a se ajoelhar em sinal de respeito e humildade, e se preparar para a entrada de Jesus, vivo na hóstia consagrada, exposto no presbitério. Prostrado diante de Jesus, ele incensou o ostensório e estimulou aos fiéis a fazerem sua oração de oferecimento. Pediu a atenção de todos em Jesus, vivo na Eucaristia, presente no corpo e sangue, na alma e divindade, para lhe entregar a vida e deixá-lo transformar com Seu poder, Sua graça. Logo após, ele incentivou todos a rezarem com confiança a oração “Vinde Espírito Santo”, ressaltando um dos maiores dons que Deus nos concedeu e avivando essa força espiritual em nosso coração.

No ambão da Palavra, o Padre Nelson incensou a Bíblia e proclamou o Evangelho de Lucas (10, 1-12). Ele salientou a dimensão missionária que perpassa por todos; nós fomos batizados e chamados a anunciar o Reino de Deus. Falou do número significativo de setenta e dois apóstolos abordado no evangelho. Ele disse que todos nós fazemos parte desse grupo, somos chamados a sair, ser Sal e Luz no mundo, a conviver, a evangelizar, dar testemunho de amizade e comunhão, preparar a chegada de Jesus em qualquer ambiente.  O padre enfatizou que “A messe é grande, mas os operários são poucos”, mencionando que existe pouca gente compromissada e, daí a importância da presença de leigos (as) engajados (as) dentro e fora da igreja, a fim de ajudar o mundo a ser transformado em Jesus.

O preço da santidade foi o sofrimento, pois os seguidores de Jesus carregaram a luz divina e as trevas queriam ofuscá-la. Além do desapego e do desprendimento, outras virtudes foram necessárias como o amor, a perseverança, a humildade. Ressaltou a figura histórica de São Francisco na Igreja, um exemplo de leveza e despojamento. Aventureiro, ele foi ferido na guerra, ficou preso e ali começou sua conversão. Logo depois, São Francisco decidiu levar uma vida consagrada a Deus, falar do evangelho com a vida simples. O padre finalizou que muitas pessoas se tornaram santos(as) pelo caminho do despojamento, do desapego aos bens materiais e às pessoas.

Em seguida, toda a assembleia cantou a “Oração de São Francisco”. Os pedidos dos fieis foram levados ao presbitério pelas integrantes do Grupo de Intercessão. O pároco convidou cada fiel a se comprometer, a se espelhar na vida de leveza e despojamento de São Francisco, que não teve nada além do amor de Deus. Depois, ele conduziu todos a repetir uma linda oração com rogos a Jesus para nos transformar, nos curar, nos salvar e nos libertar. Esse momento fervoroso foi animado pela canção “Hoje livre sou”. Houve aplausos da assembleia direcionados a Jesus.

Logo, o padre solicitou a todos os fieis a darem-se as mãos e assim, ele o fez com os ministros da Eucaristia no presbitério. Cantou-se de forma uníssona o Pai Nosso, a oração essencial para que exista uma maior intimidade com Deus. Chegou o momento tão esperado por todos os fieis: a benção do Santíssimo Sacramento. Todos ficaram prostrados diante de Jesus, reforçando seus pedidos; o padre Nelson incensou o ostensório e dirigiu a benção especial aos fieis.

Após sua oração pessoal diante do sacrário, o pároco fez a saudação à Virgem com uma Ave-Maria e o canto de Consagração. Houve a benção dos objetos, a reza pelas pessoas ausentes na adoração. Por fim, o padre Nelson deu os avisos paroquiais, convidou a assembleia para participar da Festa e Novena a São Geraldo e assim, aconteceu a Adoração ao Santíssimo e os fieis saíram renovados na fé, confiança e esperança em Jesus.

 

 

 

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa