A IMPORTÂNCIA DE MARIA NA IGREJA

Mãe Misericordiosa, exemplo de fé e caridade, quantas vezes a vós rezamos em busca de uma graça, nossa intercessora perante o vosso filho amado, nosso Senhor e nosso Deus, sob vosso manto pedimos a vossa proteção nas intempéries da vida, nos volvei mãe, sempre com os vossos braços e acalentai-nos nos momentos frios da nossa existência, Maria, escolhida por Deus entre todas as mulheres para ser a Mãe de nosso Senhor, Maria que encontrou graça diante de Deus criador do Céu e da Terra para conceber o seu filho muito amado, e tudo começou com o seu SIM!

“Eis aqui a Serva do Senhor, cumpra-se em mim segundo a tua palavra” Com essas palavras o Anjo Gabriel ausentou-se dela com a certeza de missão cumprida, recebeu a resposta que tanto esperava e rejubilou-se ao ser o portador da boa nova, Maria acreditou fielmente que conceberia um filho do Espírito Santo e seu filho seria o filho de Deus, Maria fez a vontade do Senhor, sem temer as conseqüências de sua decisão, respondeu prontamente “Eis aqui a Serva do Senhor” quantos de nós, teríamos a coragem de aceitar um pedido desses? Maria, que não havia conhecido homem algum, teria um filho e diria que era filho do Espírito Santo, Que Coragem! E assim fez Maria ao encontrar José, Disse a ele o que havia acontecido e ele a rejeitou “secretamente” até que mais tarde o Anjo visitou-o em sonho e lhe confirmou que de fato Maria daria a luz a um filho e este seria do Espírito Santo, assim José não temeu e aceitou Maria em sua condição, Maria, quanta força teve para que se cumprisse tudo o que haveria de acontecer com ela, e José, também um homem de Deus, jamais deixou-a em decorrência de sua gravidez, mas sempre lhe acompanhou e foi seu fiel companheiro em todos os momentos.

Maria completou a sua gestação, deu a luz a Jesus em uma estribaria e logo teve que fugir, pois foi decretada a morte de todas as crianças até 2 anos de idade, pois  já procuravam pela morte do menino, Maria, uma mãe amorosa e muito preocupada com o filho, nem sempre entendia sobre as coisas que Jesus lhe falava, mas nunca deixou de acreditar Nele, em seu primeiro milagre, Maria foi insistente com Jesus, pois Jesus acreditava que ainda não era a sua hora e Maria lhe diz; Faça tudo, conforme Ele lhes ordenar, e Jesus vendo que sua Mãe sabia que Ele poderia fazer um milagre, assim concedeu e realizou a transformação da água em vinho, e todos ficaram admirados com esse milagre, e Maria, quão orgulhosa ficou Maria, Maria conhecia o seu Filho como ninguém, pois não há ninguém que conhece melhor o seu filho do que a própria Mãe, e assim Maria sempre sabia, qual era a palavra certa e o momento certo para dizer a Jesus, um menino tão novo, mas com um sabedoria jamais vista.

Maria acompanhou seu Filho e o viu ser crucificado em meio a dois malfeitores, e todo o povo escarnecendo seu filho amado, Maria derramou suas lágrimas e sofreu seus momentos de luto, Maria que teve força para ver o que jamais gostaria de ter visto, ouvir o que jamais gostaria de ter ouvido e sentir, sentir seu coração maternal se despedaçar diante da sentença dado a seu filho, Maria que o cuidou e o amou desde sua concepção, Maria que cumpriu fielmente seu designo e foi digna de ser a Mãe de Jesus.

Por Que Recorremos a Maria

Qual filho que se nega a atender um pedido da mãe? Qual filho não levará em consideração o que sua mãe lhe diz? Assim Jesus também ouve a voz de sua mãe, por esse motivo recorremos também a Maria em nossas orações, Maria que nos ouve tão atentamente as nossas súplicas e fortalece o nosso pedido perante o seu filho muito amado, a oração torna-se muito mais poderosa, pois além de pedirmos a Jesus, também a fizemos a sua Mãe muito amada, Maria! E como é bom saber que Maria leva nossos pedidos ao seu filho Jesus que com certeza não deixa de ouvi-la, por isso é importante ter Maria como nossa Intercessora, pois nunca nos deixará sós em nossas súplicas, Maria, Mãe e Advogada nossa, com seu coração maternal sempre disposta a ver o bem que cultivamos, sempre disposta a nos amar acima de nossos pecados, Maria que não nos julga, mas nos consola e nos mostra a direção da Luz, Maria que a cada instante esta disposta a nos conceder o seu abraço maternal e carinhoso, sempre disposta a nos dar uma palavra de ânimo e coragem, Maria, Nossa Mãe celeste.

Maria nos abastece com seu amor maternal que por vezes não temos com a nossa mãe biológica, Maria nos adota como filhos e nos assegura a sua proteção, assim como fez com seu filho Jesus, Maria que nunca nos deixará órfãos, mas sempre nos acalentará nos dias frios, Maria, que não cessa de pedir a seu filho muito amado para que nos vigie e nos proteja de todo mal, Maria, quantas vezes necessitamos de vosso colo, Maria, quantas vezes precisamos sentir o seu abraço, Mãe Maria, em minhas orações é a luz para minhas soluções, Maria que nos dá a certeza da vida eterna em sua presença, Maria, recorremos a vós em nossas aflições, pois sabemos que nos ama assim como ama o menino Jesus.

Horário das Missas
  • SEG
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • TER
    • 7:00
  • QUA
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • QUI
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SEX
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
    • 19:00
  • SAB
    • 7:00
    • 8:00
    • 18:00
  • DOM
    • 7:00
    • 8:30 *
    • 10:00 ***
    • 11:30
    • 16:00
    • 17:30
    • 19:00 **

* Missas de Catequese

** Missa de Jovem

*** Missa da Família

Veja a programação completa